Memórias Laconex@o

O exercício de fazer memória é uma prática constante em nosso cotidiano profissional. Esta seção tem exatamente esse papel: recordar o vivido/construído, lembrar os desafios, fortalecer as dúvidas, possibilitar os questionamentos, muitas vezes necessários, e, acima de tudo, constituir-se como um instrumento de reflexão sobre os caminhos percorridos como condição indispensável à (trans) formação.  A melhor definição para essa seção é “Memórias Laconex@o” porque, diante dos desafios constantes à formação/profissão DOCENTE, queremos recordar (para trans-formar), refletir e ressignificar as práticas, os estudos e as pesquisas construídas.

Essa seção, assim, atualiza o vivido e abre possibilidades de análise, e também serve para levantar as situações que nos desafiam hoje, a valorizar as diversas ações que estão sendo desenvolvidas em favor da formação/profissão DOCENTE, assim como a estimular a participação e a criatividade para novas iniciativas de reconfiguração da formação dos professores. Nesse sentido, as Memórias Laconex@o funcionam também como um importante instrumento de fortalecimento da esperança por mais tempos e espaços coletivos e comprometidos decisivamente com a formação/profissão DOCENTE. Saber fazer memórias afetivo-efetivas é uma forma também de abrir-se ao outro e, por consequência, a novas experiências.


Memória 02

Aqui fica o registro da Seleção de discente bolsista ou voluntário | Projetos de Iniciação Científica 2020/2021 | Edital 01/2020/PROPESQ – Seleção de Projetos de Iniciação Científica 2020/2021 PIBIC/CNPq/UFPB, PIBIC-AF/CNPq, PIBITI/CNPQ/UFPB e PIVIC/PIVITI/UFPB.

Clique para ler… Resultado – seleção discente bolsista ou voluntário – Laconex@o UFPB


Memória 01

26 de junho de 2020, tarde de sexta-feira de calor em João Pessoa (PB) e Ceará (CE) | Brasil.

Em tempos de tantos desafios à formação inicial dos professores, é urgente e necessário discutir as experiências dos estudantes das licenciaturas como objeto de investigação (reflexão). Sendo assim, fazemos memória da apresentação do trabalho de conclusão de curso de Gilmara Gomes da Silva. O trabalho, que vai ao encontro dessa perspectiva, discutiu “Os desafios da formação inicial do professor de Língua Espanhola em cursos EAD”.  

Partindo das seguintes questões: Com que desafios os estudantes do curso de licenciatura em Língua Espanhola – EAD | UFPB– vêm lidando nos estágios supervisionados?  Qual a relação entre o aprendizado no curso de licenciatura em Língua Espanhola – EAD | UFPB – e o fazer pedagógico no contexto de trabalho em que atuam, sendo que, muitas vezes, os estudantes dessa licenciatura já exercem a docência? Que experiências vivenciam os estudantes do curso de licenciatura em Língua Espanhola – EAD | UFPB – nos estágios supervisionados? , buscou se investigar os desafios da formação inicial do professor de Língua Espanhola em cursos EAD a partir da experiência dos estágios supervisionados do curso de licenciatura em Língua Espanhola – EAD | UFPB. Em síntese, o trabalho em questão reforça o argumento dos estágios supervisionados, baseados na investigação, como instrumento para a formação de um sujeito capaz de desenvolver práticas – crítico/reflexivas – nos diferentes espaços do contexto escolar.

Gilmara Gomes da Silva | Discente do Curso de Letras/Língua Espanhola | UFPB.

Banca Examinadora
Profa. Dra. Ana Berenice Peres Martorelli
Profa. Me. Ruth Marcela Bown Cuello
Prof. Dr. Osmar Hélio Alves Araújo

Talvez não seja muito importante o que a vida faz conosco; importante, sim, é o que cada um de nós faz com a vida. E não hesito em dizer-vos que a CERTEZA é a distância mais curta para a ignorância. É preciso ter dúvidas. “Não queiras saber tudo. Deixa um espaço livre para te saberes a ti”. (António Nóvoa, Carta a um jovem investigador em Educação, 2015).

Voltar ao topo